Rui se reúne com líderes escolares em evento sobre o Educar para Transformar

Representando 20 escolas da Rede Estadual de Ensino, 85 líderes de classe participaram na manhã desta sexta-feira (23) de uma roda de conversa com o governador Rui Costa. O encontro no Sheraton Hotel da Bahia, no bairro do Campo Grande, em Salvador, abriu espaço para um diálogo sobre protagonismo juvenil e o papel dos estudantes na mobilização da sociedade em prol da melhoria dos indicadores educacionais, propostas do Programa Educar para Transformar – Um Pacto pela Educação.

Durante o bate-papo com estudantes de Salvador e Região Metropolitana (RMS), que teve a participação do e o ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva, e do secretário da Educação, Osvaldo Barreto, Rui reforçou o compromisso assumido desde o início da atual gestão estadual. Entre janeiro e outubro, ele já visitou 131 unidades educacionais em todo o estado.

Segundo o governador, assim como acontece com diretores e conselhos escolares, a eleição de líderes de classe fortalece a democracia participativa e o empoderamento dos jovens. “Melhorar a educação no nosso estado não depende só dos governantes, diretores e professores. Contamos com a liderança de cada um desses jovens junto a seus colegas, suas famílias e comunidades para transformar as escolas e a vida de todos”.

rui costa educar para transformar (2)

Em maio deste ano, a primeira eleição geral da rede estadual promoveu a escolha de 33 mil líderes e vice-líderes de 1.369 escolas baianas. Eles atuam como principais interlocutores dos alunos na comunidade escolar. “Acredito que sou a voz da minha sala e dos outros colegas também. Antes, eu falava ‘a escola onde estudo’ e hoje chamo de ‘minha escola'”, explicou Ludmila Cerqueira, líder de classe do 2º ano do ensino médio no Colégio Estadual Aliomar Baleeiro.

Na ocasião, os estudantes conheceram detalhes de outras ações do Educar para Transformar, a exemplo do Programa Primeiro Estágio, Primeiro Emprego, que vai oferecer nove mil vagas de estágio para alunos da rede estadual. As oportunidades em órgãos e empresas do Estado serão destinadas aos estudantes que concluírem o curso técnico de nível médio em unidades estaduais com direito a salário, benefícios, plano de saúde e contrato de dois anos.

O Pacto pela Educação conta com a adesão de mais de 300 municípios baianos e contempla metas e ações concentradas em cinco eixos temáticos: Colaboração entre Estado e municípios, Fortalecimento da educação básica, Educação profissional, Parceiros da escola – com a maior participação de universidades, empresas e organizações sociais, e Integração entre família e escola.

AGECOM – BAHIA