Coordenador do Centro de Endemias faz alerta sobre o armazenamento indevido de água que pode aumentar casos de doenças no próximo verão

O Centro de Endemias De Poções faz alerta para o risco de proliferação do mosquito Aedes Aegypti transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

Devido ao racionamento de água que vêm ocorrendo em na cidade, muitos moradores estão armazenando água de forma indevida em baldes, bacias, tonéis e até em panelas, esses são alguns exemplos dos depósitos que as pessoas estão utilizando para armazenar água, sendo que a maioria desses depósitos estão sem cobertura, o que é preocupante, pois aumenta os depósitos disponíveis para que o mosquito deposite seus ovos. Nos últimos Quatro anos, o Centro de Edemias controlou os casos em Poções, no entanto no Brasil, até a semana epidemiológica 27 (3/1/2016 a 09/07/2016) foram registrados 1.399.480 casos prováveis de Dengue e confirmados 419 óbitos.

Na próxima Terça – Feira (13) o Centro de Edemias estará se reunindo com os Diretores das Escolas Públicas e Particulares do Município a fim de discutir parcerias para ações de Combate ao Mosquito.

Adriano Pereira, o chefe de seção de Edemias, deixa um recado a toda população de Poções “Orientamos toda a População para que não armazenem água sem necessidade e caso façam, mantenham os recipientes totalmente tampados. É importante evitar também qualquer tipo de depósito que possa acumular água nos quintais (garrafas, latas, brinquedos, lixos), trocar constantemente a água dos animais e plantas e lavar com buchas os recipientes” finaliza.