Prefeito de Poções busca providências para melhorar atual situação da Barragem de Morrinhos

prefeitos2Preocupado com a atual situação, o Prefeito Municipal de Poções, Otto Magalhães, criou um Grupo de Trabalho, com o objetivo de discutir e buscar soluções para a melhorar a situação da barragem, represa que abastece Poções e algumas cidades vizinhas.  

Na manhã desta quarta-feira (01), técnicos da DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas), junto com o topógrafo, estiveram na Barragem para fazer a implantação de novas réguas de medição, para fazer o cálculo de quantos metros cúbicos de água a represa apresenta nos dias de hoje. Segundo o técnico, futuramente, atendendo a solicitação da ANA (Agencia Nacional das Águas), vai ser implantado um sistema para viabilizar o acompanhamento do nível de água da barragem via satélite.

morrinhos3

Ainda na manhã de hoje, o Prefeito reuniu-se em seu gabinete com  prefeitos de outros municípios, que  se abastecem da água de morrinhos,  com o objetivo de passar aos demais prefeitos como o de Bom Jesus da Serra, Mirante e Manoel Vitorino, a  agravante situação do nível de agua da  barragem e assim, dividir os problemas da crise hídrica. Estiveram presentes na reunião o Prefeito Otto Magalhães, o Vice (João Bonfim), o Prefeito de Bom Jesus da Serra (Welton de Andrade), representante do municipio de Manoel Vitorino (Givanildo Oliveira), representante dos pipeitros (Ednei Francisco), representantes do Grupo Trabalho Água (Daiane Luz, Jânio Rocha, Zorai Santana e Zezel Leite), dos secretários do governo (Marcelo Santos e Carlos André), da Presidente da COMDEC (Vanessa Amorim), da Câmara de Vereadores (José Mauro) e do Posto Reforço (Jonas e Melquides).

prefeitos1

Na reunião, os municípios presentes se comprometeram em realizar junto a Poções, uma campanha de conscientização da água, além de reunir os prefeitos das cidades ausentes para um futuro encontro com o Governador da Bahia Rui Costa e solicitar a construção de novas barragens na micro regão.

Para a barragem de Morrinhos: Será realizada a limpeza no início da semana seguinte; Monitoramento da oferta da água para a capitação; Contratação de Agente Ambiental; Conscientização dos Pipeiros na distribuição da água.

Vale lembrar que economizar é a saída mais eficiente para enfrentarmos juntos e sem danos a crise, por tanto, seguem algumas dicas de economia.

-Tomar banhos de, no máximo, 15 minutos de duração;

-Escovar os dentes com a torneira fechada;

-Evite deixar a torneira aberta ou pingando: Uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros/minuto. Pingando, 46 litros/dia. Isto significa, 1.380 litros por mês. Feche bem as torneiras.

-Lavar alimentos ou louças com a torneira fechada, utilizando um recipiente;

-Apertar a descarga apenas o tempo necessário e não jogar lixo no vaso sanitário;

-Usar a máquina de lavar apenas quando estiver cheia;

-Usar balde ao invés de mangueira para lavar o carro e calçadas;

-Utilizar regador para molhar as plantas, ao invés da mangueira;

-Na caixa d’água: Não a deixe transbordar e mantenha-a tampada.

-Na limpeza de quintal e calçadas use vassoura: Se precisar utilize a água que sai do enxágüe da máquina de lavar.

Matéria: DECOM-PMP

Foto: Inácio Teixeira