Nesta terça-feira (04/05) aconteceu a quinta noite do novenário ao Divino Espírito Santo, tendo a Santa Missa iniciada com o coral do Centro de Atenção Psicossocial de Poções (Caps).


Nesta terça-feira (04/05) aconteceu a quinta noite do novenário ao Divino Espírito Santo, tendo a Santa Missa iniciada com o coral do Centro de Atenção Psicossocial de Poções (Caps).

Os fiéis, em mais um ano, ficaram emocionados e aplaudiram de pé a expressão vocal do usuários.

O Caps de Poções tem usado a música como uma ferramenta de grande importância nas atividades terapêuticas com os usuários, onde tem proporcionado resultados alcançados. Mas você sabia que, além de relaxar e levantar o astral, a música pode agir em nosso organismo curando doenças? Porém não se trata somente de ‘cantar ou ouvir música’. A musicoterapia utiliza a música e seus elementos no tratamento de várias doenças, de natureza física, emocional ou mental.

Na área de saúde mental, a musicoterapia auxilia no tratamento dos pacientes com transtornos psíquicos e com dependência química.

O Caps de Poções, da responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde, na sua diferente modalidade, é um ponto de atenção estratégica da Rede Atenção Psicossocial, serviço de saúde de caráter aberto e comunitário constituído por equipe multiprofissional e que atua sobre a ótica interdisciplinar e realiza prioritariamente atendimento às pessoas com sofrimento ou transtorno mental, incluindo aquelas com necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas, em sua área territorial, seja em situações de crise ou nos processos de reabilitação psicossocial e são substitutivos ao modelo asilar. Seu perfil de atendimento para a demanda são pessoas com transtornos mentais, graves, severos e persistentes. A unidade, atualmente gerida por Luciana Rocha, conta com uma equipe multidisciplinar que dá todo suporte e acompanhamento para cada caso.

DECOM-PMP